x

MUSEU DA GENTE SERGIPANA

O propósito da intervenção era adaptar o prédio do Antigo Colégio Atheneuzinho para instalação do Museu da Gente Sergipana, um espaço voltado para expor o acervo do patrimônio cultural material e imaterial do Estado, um centro cultural dinâmico, núcleo interpretativo da identidade cultural sergipana. O projeto foi elaborado para ressignificar o prédio, transformando-o em Museu Interativo, buscando atender aos princípios da acessibilidade universal, cujos vãos internos tiveram que ser ampliados para atender a uma nova setorização, fluxos e instalação dos equipamentos. Como elemento estrutural demarcatório entre o antigo e o novo, optou-se pela implantação de vigas e pilares de aço para atender às novas demandas de cargas e assinalar a marcação das alvenarias que foram subtraídas. 

Para abrigar o setor administrativo, o café e a sede do Instituto foi construída uma edificação contemporânea. Este prédio foi concebido com o intuito de ser o referencial de uma nova estrutura arquitetônica, coexistindo com a edificação antiga, assim como a bilheteria, em estrutura metálica na cor branca e vidro translúcido, na extremidade frontal do terreno e a nova cobertura do átrio central do prédio – que abriga um elevador panorâmico e um espaço de exposições.

 
 
 
MUSEU DA GENTE SERGIPANA 
 
Arquiteto EZIO DÉDA
Arquiteta JULIANA BRANDÃO
Arquiteta DAYSE ARAÚJO
Arquiteto MAICON AMORIM
Arquiteto CLEÔMENES MAIA
 
ARACAJU - SE 
NOVEMBRO - 2011
Fotos: MÁRCIO GARCEZ